Bahia

Sou da Bahia
Da Bahia do Carnaval
Da festa e da alegria
Mas também venho da terra da miséria
D’uma Bahia que ainda chora aos pés dos novos coronéis.
Podres, nefastos, insensatos.
Que fazem da vida miserável dos pobres
Vossos sustentos.
Sou da Bahia em que poucos homens ainda mandam
Desmandam, põem, tiram... Fazem o que querem.
Antes de morrer, eu quero ver essa mesma Bahia
Tornar-se realmente a terra da euforia.
Pois por enquanto carnaval não enche barriga
Avante Bahia. Pra frente Brasil.


Hugo F. Carneiro

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

3 comentários:

tetela. disse...

lindo texto amor *-*
pra frente brasil \o

Anônimo disse...

A baianidade propagada pelos veículos de comunicação de massa, não enxerga as outras tantas Bahias que seu texto fez questão de mostrar ( parabéns). Fruto de um plano de desenvolvimento turístico do governo ACM, essa Bahia mostrada por tais veículos, delimita-se à cidade de Salvador. A terra da felicidade, de lindas mulatas, da tolerância religiosa...tb é a terra dos sertanejos, da discriminação social em pleno carnaval "festa popular de segregação social, de um lado da corda turistas ricos, do outro o solteiro politano pobre"...

É isso aí.. viva a nossa BAIANIDADE..

by: Evelin Lourena

Vivih Carvalho Lopes disse...

Vou fazer um texto sobre a Bahia. Mas, infelizmente esse é do Hugo. :D