Um pedaço de mim mesma.

Poesia secreta

Estão apagadas, deletadas.
O meu coração não as guardam mais...
Todas as poesias que escrevi para você.
Em segredo,
admito…
Talvez tenha apagado muito mais do que poesias.
Para você, pode ser pouco.
Sei do pouco caso que sempre fez as minhas palavras.
Mas, a poesia que escrevi levava consigo um pedaço da  minha própria vida.
Tal pedaço que já está esquecido.
Retenho o que foi bom, bom enquanto a rima vinha a voga.
A inspiração que vinha de você ... não existe mais.
Suas palavras não passaram de fantasmagoria.
Igualmente a Hume, atirei ao fogo!


Escrita por Viviane Carvalho na quinta-feira, 8 de julho de 2010, 22:11:23

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

5 comentários:

Anônimo disse...

Você toca o meu S2

Anônimo disse...

Sem razão nem porque, suas palavras conseguem interagir com o subconsciente do meu cérebro. Só você consegue, mais do que descobrir, dançar por entre as esquinas de minha mente. E eu, mudo, admirado e um tanto bobo por minha paixão secreta, te observo distante, imaginando quando o seu olhar encontrará o meu.

Ana Carolina disse...

Já te disse que quando eu crescer quero ser como vc?
pois eh... fique sabendo disso, tá?
te amo muito!

Vivih Carvalho Lopes disse...

own amiga...obrigada!
te amo muito e sempre.

Layane Bandeira. disse...

" Mas, a poesia que escrevi levava consigo um pedaço da minha própria vida. "

As vezes as pessoas olham textos e pensam que é apenas um amontoado de palavras. Mas existe uma história, que faz parte de uma vida, que foi levada em cada palavra ali.
Gostei *0*